Tradição & Cultura

CIA ILHÔA DE TEATRO ESTREIA NOVO ESPETÁCULO NO ESPAÇO CULTURAL PÉS NO CHÃO COM 3 HISTÓRIAS DE AMOR

A CIA ILHÔA – companhia teatral de Ilhabela – estreia na cidade seu mais novo espetáculo, (NÃO) TE ESQUECEREI EM 3 ATOS E INFINITOS FATOS, com dramaturgia do premiado autor paulistano Leonardo Alkmim. Três histórias de amor, três casais diferentes intrepretados por uma atriz e um ator, desafios para Dri Carvalho e Fabio Ronzano. Em distintas fases da vida, os protagonistas vivem o AMOR, suas venturas e desventuras, encontros, desencontros

Imagens de uma bela ilha: passado e presente se misturam na exposição sobre Ilhabela entre 1900 e 1980

Abertura em 1º de dezembro na Fundaci, em Ilhabela, a partir das 19 horas A abertura da exposição Villa Bella – Memória Iconográfica de uma bela Ilha (Ilhabela – 1900 -1980) acontecerá na quarta-feira, 1º de dezembro, das 19h às 22h, no prédio histórico da Fundação Arte e Cultura de Ilhabela (Fundaci), na rua Dr. Carvalho, 80, Vila, Ilhabela (SP). A mostra, que poderá ser visitada até o dia 29/12, é organizada

São Sebastião: a história do nome da ilha e do continente

    Por: Cintia Bendazzoli   O dia já havia raiado no litoral norte paulista e os grupos indígenas que ali viviam estavam empenhados em suas atividades cotidianas distribuídas entre homens, mulheres e crianças. Mas, ao contrário do que poderiam supor, esse não seria um dia como outro qualquer. Era 20 de janeiro de 1502 e o navegador italiano Américo Vespúcio viajava com sua frota pela costa brasileira fazendo reconhecimento

1º Encontro de Cultura de Ilhabela promoveu debate sobre políticas públicas

Fotos: Marcio Pannunzio   Evento organizado pelo Fórum Popular de Cultura de Ilhabela reuniu mais de 100 pessoas, com a proposta de articular uma rede ativa e engajada para o debate das políticas culturais   Um marco para o setor cultural da cidade. Assim foi definido pelos organizadores o 1º Encontro de Cultura de Ilhabela , realizado nos dias 13 e 14 de abril, no Espaço Cultural Pés no Chão.

Fórum Popular de Cultura realiza o 1º Encontro de Cultura de Ilhabela

    Evento acontece nos dias 13 e 14 de abril com objetivo de mapear e articular o setor cultural para o debate das políticas públicas municipais Nos dias 13 e 14 de abril, o Fórum Popular de Cultura de Ilhabela, movimento independente que reúne artistas e integrantes das mais diversas manifestações culturais na cidade, irá realizar o 1o Encontro de Cultura de Ilhabela, no Espaço Cultural Pés no Chão.

Projeto Comer e Morar promove resgate e valorização dos costumes caiçaras

    Iniciativa promovida pelo Instituto Ilhabela Sustentável, com o apoio da Fundação Banco do Brasil, contempla as comunidades tradicionais da Praia de Castelhanos e da Ilha dos Búzios.   O projeto “Comer e Morar – Viver no Território Tradicional da Mata Atlântica”tem objetivo de resgatar o uso das técnicas de bioconstrução e de manejo agroflorestal nas comunidades tradicionais da Praia de Castelhanos e da Ilha dos Búzios, por meio

Cia Ilhôa de Teatro estreia no palco do Pés no Chão com A PRUDÊNCIA

    Sucesso absoluto de público, a comédia de Claudio Gotbeter, dirigida por Fabio Ronzano, marca o início de um trabalho que promete enriquecer o cenário artístico e cultural de Ilhabela.   Nos dias 16 e 17 de junho, o palco do Espaço Cultural Pés no Chão recebeu a apresentação de A PRUDÊNCIA, comédia de Claudio Gotbeter, escolhida para a estreia da Cia Ilhôa de Teatro. Com direção de Fabio

40° Salão de Artes Waldemar Belisário Começa nesta sexta em Ilhabela

  A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Cultura e Fundaci (Fundação Arte e Cultura de Ilhabela), inicia nesta sexta, 25, a 40ª edição do Salão de Artes Plásticas Waldemar Belisário. O evento é um dos mais antigos e tradicionais do país. A mostra traz uma seleção de artistas renomados e novos talentos nas seguintes categorias: desenho, escultura, fotografia, gravura, instalação, pintura, pintura infantil e técnica mista. Serão

Congada de São Benedito, a mais tradicional manifestação cultural de Ilhabela

    A Congada de São Benedito é considerada a maior e mais antiga tradição cultural artística da cidade e vem resistindo ao longo dos anos, mostrando que o conhecimento das tradições e dos costumes caiçaras faz parte da vida e da história dos moradores.   A Congada, realizada em Ilhabela há mais de 200 anos, é uma herança que foi trazida para o arquipélago pelos escravos africanos que aqui aportavam quando ainda

Benedicto Julião dos Santos

o caiçara que deu nome à Praia do Julião Benedicto Julião dos Santos nasceu na prainha do sul (hoje Praia do Julião) em 1863, tendo falecido em 1956, aos 93 anos. Por volta de 1850, seu pai Julião Baptista Viana Gusmão, filho de imigrante português, então morador da praia do Viana, mudou-se para a prainha do Sul ao se casar com Ana Leite San’tanna, da Praia Grande. Tiveram 4 filhos: